Alimentos Orgânicos: Benefícios à Saúde do Atleta | Klistenia ®

alimentos orgânicos calistenia, calistenia brasil, klistenia, alimentos orgânicos, alimentos naturais

Em razão da quantidade de alimentos que os praticantes de calistenia ingerem, muitos optam por orgânicos para evitar os fertilizantes químicos, agrotóxicos e aditivos utilizados em muitos deles. Há vantagem em adquirir alimentos orgânicos? Descubra.

Alimentos Orgânicos: Benefícios à Saúde do Atleta | Klistenia ®

alimentos orgânicos calistenia, calistenia brasil, klistenia, alimentos orgânicos, alimentos naturais, agricultura, nutriçãoEm geral, esse tipo de cultivo é feito em solo enriquecido com fertilizantes orgânicos e tratados com agrotóxicos não sintéticos. Fazendas orgânicas utilizam programas de formação de solo que o tornam vibrante com hortaliças saudáveis, em cultivos rotativos e controle biológico de pragas.

A tendência é crer que o termo orgânico pertence somente a frutas e hortaliças. Entretanto, ele também se aplica a carne vermelha, aves e ovos.

Esses alimentos provem de fazendas inspecionadas a fim de verificar se atendem aos padrões rigorosos que exigem ração orgânica, proibição de uso de antibióticos e acesso dos animais ao ar livre e fresco e luz solar.

Diferenças entre alimentos orgânicos e alimentos convencionais

A diferença entre alimentos orgânicos e convencionais é estampada no rótulo da embalagem. Esse tipo de alimento pode ter algumas vantagens em relação ao convencional. Algumas das pesquisas mais recentes mostram o que segue:

✔Eles podem ser altamente nutritivos. Podem conter mais vitamina C e talvez outros minerais, antioxidantes e fitoquímicos.

Parecem diminuir a preocupação relativa aos riscos à saúde associados com a contaminação por agrotóxicos. Em um estudo, crianças que consumiam tais produtos e sucos tinham somente 1/6 do nível de subprodutos de agrotóxicos na urina, comparadas com crianças que consumiam produtos convencionais. Portanto, há algumas justificativas de segurança importantes para seu consumo.

Possuem poucos resíduos de agrotóxicos e podem ser potencialmente mais seguros que os não orgânicos. Um estudo mostrou que trabalhadores rurais que aplicam agrotóxicos como parte de agricultura convencional possuem concentrações mais altas de agrotóxicos no corpo. Então, a continuidade da tendência de agricultura orgânica pode ajudar a proteger agricultores de exposições insalubres.

Eles não são somente bons para os consumidores – eles são bons também para o planeta. Tais métodos de agricultura são menos prejudiciais ao meio ambiente do que os convencionais. O uso de produtos naturais ajuda a melhorar o solo. O controle orgânico de pragas geralmente conta com medidas preventivas, como rotatividade de plantio e controles biológicos. Esses métodos trazem pouco ou nenhum impacto para a terra e animais silvestres. De acordo com pesquisas, esse tipo de agricultura é considerado saudável e mais sustentável do que a convencional, e os consumidores acreditam contribuir para melhorar o futuro e o meio ambiente.

Além disso, geralmente o sabor dos alimentos orgânicos é melhor.

Independentemente da escolha, a mudança mais importante em direção à saúde é comer mais frutas e hortaliças, orgânicas ou não. Muitas pesquisas mostram que há melhoria na saúde e na qualidade de vida daqueles que consomem mais hortaliças. Apesar do uso de agrotóxicos, as populações que ingerem grandes quantidades desses alimentos sofrem menos câncer e de outras doenças que ameaçam a vida do que aquelas que os consomem menos.

No final, a escolha é de cada um. Adquirir alimentos orgânicos não é somente uma questão nutricional, mas também política, social e pessoal. Comprar orgânicos significa querer tratar bem a terra e potencialmente proteger os trabalhadores da exposição aos agrotóxicos. Assim, anote em sua agenda: comprar alimentos orgânicos.

Pagamos mais pelo alimento orgânico; portanto, se a questão é economizar, basta comprar produtos convencionais frescos e seguir as seguintes diretrizes para diminuir os resíduos de agrotóxicos:

– Lavar o produto fresco em água. Escovar e enxaguar com água corrente em abundância.

– Utilizar faca para descascar laranja; não comer a casca.

– Descartar folhas externas de hortaliças folhosas, como repolho e alface.

– Descascar hortaliças como cenouras e frutas como maças quando apropriado (descascar remove agrotóxicos retidos dentro ou na superfície da casca, mas também fibras, vitaminas e minerais).

Se gostou do artigo sobre Alimentos Orgânicos, comente e compartilhe. O portal Klistenia agradece a todos os leitores!