Dieta Vegana Para Emagrecer e Ganhar Massa Muscular | Klistenia ®

dieta vegana calistenia

Você sabia que a Dieta Vegana trata-se de uma ótima dieta para emagrecer e para ganhar massa muscular? Neste artigo, falaremos sobre o que é veganismo, os benefícios da dieta vegana e os cuidados que devem ser tomados para atingir o resultado desejado.

O que é Veganismo?

Dieta Vegana Veganismo CalisteniaMais que uma mudança alimentar, o veganismo trata-se de um estilo de vida de quem se opõe a qualquer forma de exploração animal. A proposta do Veganismo é de criar um relacionamento entre humanos, animais e o meio ambiente.

Quem adota o veganismo é chamado de vegano.

Um vegano não consome ingredientes de origem animal, como por exemplo, ovos, leite e seus derivados, mel e corantes de origem animal (cochonilha, etc.).  

A restrição não termina por aí. Os veganos não utilizam produtos testados em animais (cosméticos, produtos de higiene pessoal e de limpeza), nem acessórios ou vestimenta de origem animal como lã, seda, couro e outros.

Eventos que se utilizam de animais como forma de entretenimento (circos, rodeios, touradas, zoológicos, aquários e rinhas em geral) são fortemente combatidos pelos veganos. Eles também se opõem ao uso de animais vivos em estudos ou experiências.

A cultura (ou ideologia) vegana considera a igualdade entre as espécies, e por isso não encontra razão na venda de animais, seja ele doméstico ou silvestre.

 

Dieta Vegana

Cada vez mais pessoas estão deixando de comer carne no dia a dia. No Brasil, recentemente assistimos ao escândalo dos frigoríficos que expôs a má qualidade da carne brasileira, e tal fato só contribuiu para o aumento de adeptos à dieta vegana.

Quem costuma optar pela dieta vegana, geralmente é porque resolveu apoiar a ideologia de combate à exploração animal ou por questões de saúde ou em alguns casos, por motivos religiosos.

Na Índia, milhões de pessoas não comem carne por motivos culturais e religiosos. No ocidente, há quem siga uma dieta que permite ovos e laticínios, sem carne, frango, peixe, frutos do mar e produtos derivados (como gelatina). Na Índia, ovos quase sempre são também excluídos da alimentação.

O desafio de adotar uma dieta vegana não é fácil. Em muitos países, menos de 2% dos adultos conseguem seguir a dieta na risca. No Brasil, acredita-se que 4% da população siga a mesma linha (cerca de 7,7 milhões de pessoas), mas não se sabe ao certo quantos seguem a estrita filosofia vegana. Por cortar qualquer produto de origem animal (ovos, leite e derivados e não apenas a carne), esse tipo de alimentação requer mudanças radicais em uma típica dieta ocidental para manter um equilíbrio saudável de nutrientes.

 

Bases da dieta vegana e o emagrecimento

E-book “Proteínas Veganas” trata-se do mais completo arquivo em português sobre receitas veganas para ganho de massa muscular. Clique na foto e saiba mais.

A dieta vegana está diretamente relacionada a uma grande ingestão de fibra alimentar, antioxidantes, vitaminas e sais minerais, além de uma baixa ingestão de gorduras saturadas, pois o cardápio vegano é baseado em legumes, verduras e frutas.

Já os alimentos que não devem entrar na dieta vegana são: carne, peixe, frango, laticínios, ovos e nada que contenha um destes produtos. Outros alimentos proibidos são os alimentos e produtos industrializados, tais como: pão, bolos, tortas, sorvetes, doces, refrigerantes e bebidas alcoólicas.

A dieta vegana é super favorável ao emagrecimento devido ao baixo consumo de calorias, gordura e açúcar. Por isso quem opta por essa dieta precisa saber que nutrientes são essenciais para a saúde e em quais alimentos encontrá-los.

O que se observa é que por essa dieta ser pobre em proteínas é aconselhável um maior consumo dos seguintes alimentos: feijões, lentilha, nozes e produtos à base de soja e cereais.

Ao eleger esta dieta com finalidades de emagrecimento é importante um acompanhamento de um nutricionista, pois muitas vezes nesse tipo de dieta será necessária uma suplementação.

 

Dieta Vegana para ganho de massa muscular

Frank Medrano é 100% vegano. Ele é um consumidor ardente de super alimentos e garante que sua dieta é baixa em gordura. Quando ele tem que entrar em condicionamento de pico ele se certifica de que ele reduz sua ingestão de sódio e aumenta o consumo de vegetais. Sua aptidão é verdadeiramente uma inspiração para aqueles atletas da Calistenia que querem dizer adeus a carne e mudar para uma dieta vegetariana.

Quando se trata de uma dieta vegana para ganho de massa muscular e melhora da força, velocidade e resistência nos treinos, é necessária uma alimentação bem programada e equilibrada em nutrientes.

Normalmente, as dietas veganas suprem a necessidade no grupo dos carboidratos, o que permite ao atleta a reposição de toda energia perdida durante o exercício. Elas irão proporcionar o substrato essencial na recuperação muscular e do organismo como um todo, além de conter uma quantidade maior de fibras, fatores alimentares associados a um bom equilíbrio energético. Fontes de carboidrato: arroz, pão, macarrão, batata, mandioca, aveia.

No grupo das proteínas, as dietas veganas têm um consumo muito baixo desse macronutriente, mas as necessidades de proteína de um paciente que visa o ganho de massa muscular podem ser ajustadas utilizando-se as fontes de proteína vegetal. Fontes de proteína: Soja, quinoa, amaranto, feijões, lentilha e grão de bico.

No grupo dos lipídios, a dieta vegana, geralmente, é pobre em gordura e isenta de colesterol. Ingestão de alimentos com ômega 3. Fontes de lipídios: sementes de linhaça e chia, óleo de coco, azeite.

Essa dieta está associada a deficiências nutricionais. Entre os elementos que geralmente são deficientes temos o ferro, o cálcio, o zinco, a vitamina B12 e a vitamina D, podendo ser supridas com suplementos.

Ajustando corretamente a dieta para que seja hipercalórica e hiperproteica e, ainda, adequando a suplementação sempre que for necessário, é possível, sim, adquirir ganho de massa muscular.

Antes de malhar: Consuma alimentos ricos em carboidratos complexos. É preciso energia, mas lenta e constante, para garantir energia suficiente durante a atividade e para que não ocorra muita perda muscular.

O Ideal são alimentos ricos em fibras, como cereal integral, biscoito integral e barra de cereal, rica em fibras. Outras opções benéficas para ingerir antes da prática esportiva são: torrada integral com creme de soja ou pão integral com azeite ou banana com aveia e uma colher de chá de óleo de coco ou mamão com granola.

Depois de malhar: Faça refeições que contenham proteína vegetal (soja, feijões e oleaginosas) com uma parcela generosa de um carboidrato complexo, como o arroz, de preferência integral, ou massa integral, batata com casca, pão ou torrada integral.

Para melhorar a reposição de vitaminas e minerais, é necessário incluir na refeição hortaliças e leguminosas. Podem ser cozidas ou cruas na forma de salada. O importante é ter no mínimo cinco cores no prato.

 

Dica do Blog Klistenia para Dieta Vegana

Dieta VeganaO Mattheus Carvalho, dono do site Musculação para Ectomorfo, preparou um e-book da hora chamado Proteínas Veganas, onde ele preparou um arsenal de receitas, coletando informações dos maiores atletas veganos do mundo como o Frank Medrano (Calistenia), Ryan Nelson, Derek Tresize, entre outros.

Um grande trabalho que você não pode deixar de conferir. Maiores informações sobre o e-book Proteínas Veganas você conseguirá acessando o site oficial. Clique Aqui!